• Ronaldo Sampaio

Risco de Exposição a Material Biológico.


Historicamente, os profissionais de saúde não eram considerados como categoria profissional de alto risco para acidentes de trabalho.


A preocupação com riscos biológicos surgiu a partir da constatação dos agravos à saúde dos profissionais que exerciam atividades em laboratórios onde se dava a manipulação com microrganismos e material clínico desde o início dos anos 40.

Para profissionais que atuam na área clínica, entretanto, somente a partir da epidemia da aids nos anos 80,

as normas para as questões de segurança no ambiente de trabalho foram melhor estabelecidas.

Virtualmente, qualquer categoria profissional pode estar sob risco. Além disso, visitantes e outros profissionais que estejam ocasionalmente nos serviços de saúde também podem sofrer exposições a material biológico.

O número de contatos com sangue, incluindo exposições percutâneas e mucocutâneas, varia conforme as diferentes categorias profissionais, as atividades realizadas pelo profissional e os setores de atuação dentro dos serviços de saúde. Trabalhadores da área cirúrgica, paramédicos e profissionais de setores de atendimento de emergência são descritos como profissionais de alto risco de exposição a material biológico.

Os riscos de exposição entre médicos variam conforme as diferentes especialidades.

Lembrando que, os Tatuadores e Perfuradores Corporais estão constantemente expostos aos mais variados agentes infecciosos provenientes da prestação de serviço. Portanto a Paramentação e as condutas de controle de infecção em atividade de risco, são fundamentais para todos que exercem tais funções afim de, diminuir as chances de transmissão e aquisição de doenças.

Nos dias de hoje com a evolução Bacteriana e Viral, as doenças que são consideradas risco eminente nessa atividade são a Hepatite B  e C pela multi resistência das mesmas e o tempo de vida extra corpóreo dentre outras doenças como por exemplo:  Aids/HIV,Caxumba,Catapora,Difteria, Gonorreia, Hepatites virótica do A ao G, Herpes de Oroface ou Genital, Rubéola, Sarampo, Tuberculose,entre outras...Algumas doenças aqui mencionadas podem ser adquiridas com pela inalação e inoculação  provenientes do contato direto com objetos e perdigotos.

A imunização desses Técnicos Executantes são as mesmas oferecidas aos Médicos e Enfermeiros e estão disponíveis gratuitamente nos postos de saúde da capital paulista.

Além das condições mínimas de higiene redigidas pela ANVISA - Agencia Nacional de Vigilância Sanitária.  Os Fiscais Sanitários ao visitar tais recintos, além de, avaliar as condições desses ambientes, devem exigir que estes profissionais estejam em dia com as suas vacinas.

Como boa parte das doenças aqui citadas são assintomáticas/silenciosas, todo cuidado é pouco!

De valor a sua saúde, procurem lojas que sigam as normas da Vigilância Sanitária e não se baseiem por revistas direcionadas a este segmento para procurar um Tatuador ou Perfurador Corporal...Infelizmente boa parte delas estão voltadas apenas em lucrar, fazendo de alguns picaretas magos das agulhas.

A melhor propaganda ainda é o boca a boca!

Fonte agregada ao artigo: Equipe Riscobiológico.org

Atenciosamente.

Ronaldo Sampaio - Piercer Snoopy.

27 visualizações

Rua Turiassú, 735 - Perdizes, São Paulo