• Ronaldo Sampaio

Piercings Exóticos confeccionados com os melhores Metais voltados a esta Indústria.

Você sabe o que é Micro Dermal?

Não sabe? Vou lhe ajudar a entender como funciona!


O Microdermal tem evoluído muito nos tempos atuais. É uma forma de modificação corporal que pode ser feita praticamente em qualquer lugar na superfície da pele, excluindo as articulações e lugares de muito atrito.

São diferentes das perfurações convencionais, enquanto o Piercing convencional possui dois pontos de perfuração (entrada e saída) o Microdermal tem apenas um único ponto, ou seja, uma entrada onde a ancora interna fica posicionada.

A aplicação também se difere. O Piercing convencional é realizado com agulhas (cateter  ou agulha americana) já o Microdermal é aplicado com Punch de Biopsia - Como não utilizamos tal dispositivo com o intuito Prognóstico ou Diagnóstico, fomos excluídos pelos Médicos no seu projeto de lei o qual regulamenta a Profissão dos mesmos.

 Existem Perfuradores que fazem  este procedimento usando agulha americana, bisturi e até mesmo cateter. Segundo estudos realizados, com o punch á Ancora se acomoda da melhor forma e não agride sua pele, diferente do que acontece com as outras formas de aplicação.


Para esse procedimento sempre é indicado topos externo e ancora em Titânio, um metal compatível com o corpo humano e bem resistente à corrosão causada pelos fluidos humanos e que dificilmente trará complicações se aplicado por um Profissional Piercer.

Não é um procedimento dolorido, pós aplicação a peça fica posicionada entre a Epiderme e a Derme da Pele.


Muitas vezes as pessoas imaginam que é um procedimento simples que qualquer um possa fazer, mas não é por ai. É um procedimento simples para o profissional que está preparado para tal feito, e não haverá complicações apenas se o profissional  tomar os cuidados devidos. Lembrando que, o cliente deve seguir a risca as sugestões dadas pelo técnico executante pós aplicação.Dispensar a auto medicação e sugestões de terceiros é fundamental para uma ótima reconstituição celular local.

Podemos dizer que o Microdermal é da segunda geração de micro implantes, a primeira é denominada Transdermal , usava-se intervenções cirúrgicas invasivas e arriscadas. Já o Microdermal , como diz em “ Artes do Corpo Pure “de Brian Decker , "A idéia é dar a aparência estética de um implante Transdermal  mas com a simplicidade e segurança de um piercing".


Orbital Captive Rings Implantânio.


Foi menos traumática esta perfuração pelo fato da minha esposa já ter um Piercing Daith muito bem cicatrizado. Tive que mapear a área da concha para visualizar os vasos sanguíneos que junto com a fibrocartilagem revestem a orelha e o resultado dessa manobra bem sucedida é o que vocês estão vendo agora!



27 visualizações

Rua Turiassú, 735 - Perdizes, São Paulo