• Ronaldo Sampaio

Esterilização/ Controle de Infecção em Atividade de Risco.




Nota do Perfurador: Com á constante mutação dos agentes Microbianos, Bacterianos e Virais. Quem atua nas atividades tidas como de risco, deve no minimo, estar ciente de como controlar tais agentes para, não colocar á si mesmo e os seus clientes em risco eminente á exposição aos materiais biológicos.

Eu só tenho á agradecer á estas parcerias que nós do SETAP-SP fizemos ao longo desses anos. Através desses Cursos  e Palestras, conseguimos compreender e controlar o desencadear das mais variadas doenças passiveis na prática da Tatuagem e Body Piercing.




Drº Sérgio Beduschi Filho Infectologista - Hospital Nereu Ramos - S.C

Em Dezembro de 2009 eu tive a oportunidade de estar com um dos melhores Infectologistas de Santa Catarina, residente do Hospital Nereu Ramos.O Seminário que eu organizo anualmente junto com á convenção BC Ink Tattoo Fest o qual, conta com Perfuradores renomados, Médicos e Socorristas.




Ambos os envolvidos, através da experiência adquirida, repassam aos Participantes os seus conhecimentos tidos como seguros e adequados para tais práticas. Com o crescimento promissor desta atividade no Brasil, diversos estabelecimentos estão abrindo suas portas, carentes de conhecimento técnico para atuar nessa atividade. Com isso! Uma parcela considerável de pessoas, estão sendo lesadas das mais variadas formas... Pela precariedade daqueles que se intitulam peritos nessa prática. O Projeto de Lei 2104/07 quando começar a Vigorar, ira exigir de todo e qualquer prestador desse tipo de serviço Cursos,  os quais,  são considerados fundamentais para diminuir o risco da aquisição de doenças infecto contagiosas:

- Primeiros Socorros. - Fisiologia da Pele. - Biossegurança e Controle de Infecção em Atividade de Risco.












Nós de SETAP-SP estivemos reunidos em 2007 junto com os ilustres Médicos do Conselho Federal de Medicina. Apensamos no projeto de lei acima mencionado.O mesmo foi apresentado pelo Deputado Federal João Paulo Cunha na Câmara dos Deputados Federais em Brasília D.F. na época,onde se encontra até no presente momento.


Acreditamos que o mesmo ainda não foi aprovado pelo fato dos materiais utilizado na Tatuagem na época não terem registro na ANVISA. Agora que este Órgão adequou tais equipamentos, acreditamos que sera uma questão de tempo conseguirmos á aprovação dos legisladores .

Existe um conjunto de normas e procedimento para o manuseio de materias em ambas atividades, Tatuagem e Body Piercing.

Eu deixarei os links que fazem menções sobre como devem agir os Atuantes:

Dermopigmentador Artistico- Tatuador.

Perfurador Corporal - Body Piercer

Nos dias de hoje, ter á Autoclave não basta! Devemos fazer o monitoramento Quimico e Biológico

através dos testes sugeridos para este equipamento.


Teste Quimico: Deve ser feito a cada ciclo de esterelização e pode ser colocado junto aos instrumentais no envelope de papel grau cirurgico, nos pontos tidos como criticos da maquina.( Porta, centro e fundo). Não atesta esterelização! porém é útil para monitorarmos, tempo, temperatura e passagem de vapor pelo papel grau cirúrgico.






Teste Biológico: O único método tido como eficaz para monitorar o equipamento esterelizador. E deve ser feito semanalmente nos pontos criticos da Autoclave, (Porta, centro e fundo).Em cada ampola contém bacilos vivos não patogênicos que, quando submetidos á esterelização e pós a incubção tem-se o resultado.Positivo e Negativo, ou seja, no caso do resultado Positivo significa que á Autoclave não esta eliminando os organismo e micro organismos dos instrumentais.E sendo laudado Negativo, significa eficacia do equipamento na eliminação de todas as formas de vida contidas nos instrumentais


O resultado positivo deixaria a ampola com aspecto amarelado, significa sobrevivência dos Organismos e Microorganismo e  ineficácia do equipamento esterilizador em eliminar formas de vidas do sei interior,precisando de assistência técnica o quanto antes...O teste biológico pós incubação, deve continuar na coloração Violeta, pois o esperado é que os microorganismos tenham sido destruídos no processo de esterilização da autoclave.A leitura final é feita após 24 à 48h de incubação dos indicadores.



Com que freqüência preciso utilizá-los?

A recomendação pela  Vigilância Sanitária é de realizar o teste com indicadores biológicos em autoclaves mensalmente.. Sugerimos testar com indicadores biológicos as autoclaves quando retornam da  manutenção e  semanalmente, para a segurança do prestador de serviço e dos seus clientes.


Não barganhe com o seu bem estar! Procure lojas especializadas para efetuar tais procedimentos...Os Perfuradores devem ter especialização em Biossegurança, Fisiologia da Pele e Primeiros Socorros, para poderem atuar nessa atividade que envolve riscos de contaminação cruzada.



Curso:


Biossegurança, Esterilização e Controle de Infecção

Ministradora: Dra. Lusiane Borges

Rua Machado Bitencourt, 190 - térreo

(atrás do metro Santa Cruz / Esquina com Rua Pedro de Toledo)

Inscrições: (11) 5087-9497 

www.portalbiologica.com.br


Postado por Ronaldo Sampaio às terça-feira, novembro 23, 2010

18 visualizações

Rua Turiassú, 735 - Perdizes, São Paulo